Guru das Viagens
Para ter acesso aos conteúdos do Forum, tem de se registar Wink
Guru das Viagens

Aqui falamos de viagens e tudo o que estas envolvem: destinos, informações, promoções, agências, operadores de viagens, hotéis, excursões, quando ir, experiências...
 
InícioInício    Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
Tripadvisor
http://www.tripadvisor.com/
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha

Compartilhe | 
 

 [Report] Disneyland Paris - setembro de 2017 -

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
AdoroViajar
Administrador
avatar

Mensagens : 108
Data de inscrição : 02/06/2015

MensagemAssunto: [Report] Disneyland Paris - setembro de 2017 -   Seg 19 Fev 2018, 21:56

A Viagem Mágica


Depois de muitos adiamentos consecutivos porque os destinos de praia estão sempre primeiro para quem só pode desfrutar de 22 dias de férias e também porque a “miúda ainda era muito pequena e depois não se ia lembrar de nada” e ao fim de uns quantos anos a ouvir esta conversa e de a nossa filha já estar com 8 anos e estar sempre a pedir, dizendo que era o sonho da vida dela, este ano decidi não deixar escapar a oportunidade, até porque era o 25º aniversário da Disney, com promoções segundo eles, que seriam as melhores de sempre e vamos lá cumprir o sonho da nossa princesa!

A viagem foi marcada em fevereiro, quando saem as melhores promoções, com noites grátis e gratuidades para crianças. Depois de muito pesquisar tanto a nível de agência, como reservando eu tudo em separado, acabei por concluir que não havia preços como os da Abreu. A Abreu tem lugares em allotment e como tal, conseguem praticar os melhores preços. Voam com a TAP, a Aigle Azur e a Air France.

Inicialmente tinha pensado em ir 3 noites, 4 dias, mas cheguei à conclusão que compensava mais ir 4 noites (5 dias) pelo preço de 2 - uma vez que estavam a oferecer duas noites na compra de duas. As crianças até aos 12 anos também não pagavam avião, nem transfer. Havia ainda outros descontos a nível do tipo de Pensões, assim como descontos em excursões e atividades. Optámos pelo Pacote de Pensão Completa Plus, que nos permitia comer no hotel e/ou nos parques em todas as refeições. Existe uma outra PC mais económica, mas é necessário ir jantar ao hotel e torna-se a meu ver, incomportável andar para trás e para a frente para quem quer estar no parque até ao encerramento. A menos que, vão jantar só nessa altura.

Há imensa gente que vai em MP e faz um enorme farnel ao pequeno-almoço para levar para os parques para almoçar. Vi pratos com pilhas (arranha-céus) de sandes e afins impressionantes!

A partir de três meses antes convém ligar para reservar os restaurantes (+33 1 60 30 40 50). Falam inglês, francês, espanhol e italiano. À partida a chamada é gratuita a partir da rede fixa, mas não sei se dependerá do Operador/plano. De qualquer forma, se verificarem que pagam, certamente será mais económico ligar ao fim de semana e convém ligar bastante tarde para não ficarem muito tempo em espera. Reservei todas as refeições por telefone e ainda bem, porque as filas para comer eram intermináveis para quem não tinha reserva! Esperavam horas… Quem for sem reserva mesmo que tenha plano de refeições arrisca-se a não conseguir comer na maior parte dos restaurantes porque estão completamente cheios.

O nosso voo foi Aigle Azur, uma companhia péssima, mas como é pouco tempo de voo, o importante é o mais económico possível. Fomos no avião das 6 da manhã e regressamos no das 20:30, com direito a bagagem de porão. Optámos por estes, ainda que ficasse mais caro, mas assim aproveitávamos mais os dias. O aeroporto foi o de Orly que é um aeroporto muito pobrezinho e mal estruturado… À vinda não conseguimos jantar porque pelo que percebi, os restaurantes eram nas caves do aeroporto e teria de ser antes do check-in. Depois do check-in, não há praticamente nada. No avião, à ida serviram um snack de pequeno-almoço, mas no regresso era tudo pago, caríssimo e nada de jeito, tudo comida de plástico para fazer no micro-ondas.

À chegada a Paris, temos transfer no Magic Shuttle que se encontra bem assinalado. Passado cerca de 45 minutos chegamos ao hotel.



No regresso há que ter em conta que este shuttle passa por vários hotéis e que quando chegar à nossa paragem já pode vir cheio, pelo que há que ter em conta o tempo de antecedência que temos de estar no aeroporto, contar com o caminho e possíveis imprevistos e apontar para ir no horário anterior ao que deveríamos ir.
Optámos pelo Hotel Santa Fe pois queríamos ficar nos hotéis Disney, uma vez que proporcionam Fast Passes e possibilidade de entrar nos parque mais cedo e uma vez que era apenas para dormir, interessava um sítio aceitável, sem grandes luxos, uma vez que era preferível ir mais dias e ficar num hotel de menos estrelas, do que ir para um hotel melhor e depois ter de reduzir na estadia.


Enviei um email para o hotel uns meses antes de ir, a solicitar a localização e o andar em que gostava de ficar, nunca obtive qualquer resposta, mas tal como tinha lido noutros casos, quando lá cheguei, os meus pedidos tinham sido atendidos. O nosso quarto já estava disponível, mas para quem chega cedo ou para quem parte tarde existem cacifos de malas para que possamos deixar as malas em segurança e ir desfrutar dos parques.

O check-in no hotel é um pesadelo. Uma fila interminável! Nunca tinha visto nada assim. Estivemos bem mais de uma hora à espera e fomos em época semi-baixa e de segunda a sexta. Aqui são-nos entregues os bilhetes de entrada nos parques e os vouchers das refeições para todos os dias da estadia. São entregues 3 vouchers por noite de reserva. No meu caso, 3 pequenos almoço + 3 almoços + 3 jantares por dia por pessoa. Como estive lá 5 dias e cheguei ao final da manhã, no último dia já só tive um cupão para o pequeno-almoço e as restantes refeições tiveram de ser por nossa conta. Estes vouchers são sempre entregues como pagamento nos restaurantes que escolhemos. No balcão ao lado do check-in devemos também recolher as reservas dos restaurantes (para quem tenha ligado a reservar).
Sempre que entramos no lobby temos que ser revistados com detetores.

O quarto tem o tema dos Cars (o Faísca), é engraçado. A casa de banho também jeitosa, limpo, toalhas mudadas todos os dias, cofre incluído. Não tem frigorífico. Tem Wifi gratuito. Disponibilizam gel de banho e shampoo personalizados, do Mickey.














O pequeno-almoço no hotel é das 7 às 11H00 e deve ser reservado à chegada. Os pequenos-almoços também podem ser transformados em vouchers para comer já no parque, em locais específicos porque nem todos abrem antes do horário de abertura do parque. O pequeno-almoço no hotel é muito fraco, talvez fruto dessa “modalidade” em que todos fazem farnel para levar para o almoço… O ideal é ir tomar o pequeno-almoço bastante cedo, porque aí há filas apesar das reservas e acabamos por não conseguir chegar cedo ao parque e desfrutar das horas sem muita gente.

De manhã na recepção há um espaço para encontro com as personagens, das 8.15 às 11.00. Escusado dizer que há sempre filas e que a nossa pressa é chegar o quanto antes ao parque…



Estão constantemente a passar autocarro para ir e voltar dos Parques (gratuitos).



Os nossos dias começavam sempre às 7h porque quanto mais cedo formos tomar o pequeno-almoço, menos fila apanhamos e mais cedo conseguimos usufruir das “extra hours of magic”. Mesmo assim, nunca conseguíamos estar no parque antes das 9H00…
No hotel há uma loja de souvenirs aberta das 8 às 23H onde também se pode recolher as compras que fizermos durante o dia nos parques.




A Disneyland Paris é constituída por dois parques: o Parque Disney que se subdivide em quatro zonas: Adventureland, Frontierland, Fantasyland e Discoveryland e ainda a Main Street USA, que é avenida principal onde temos várias lojas; e o segundo parque, o Walt Disney Studios Park que é mais pequeno, mas que tem diversões fantásticas.

















DICAS:
Evitem ir em épocas altas e ao fim de semana. Acaba por ser mais caro e não dá para aproveitar em pleno pois está muito mais gente e mais filas.

Extra magic hous: podemos entrar a partir das 8H00 no parque (atenção que não é pela entrada principal, mas sim por uma lateral), desfrutar dos encontros com personagens e de algumas atrações que já estão abertas. Quando lá estive era o Buzz, Orbitron, Star Wars Hyperspace Mountain, Pinóquio, Carrossel, Peter Pan, Dumbo, Mad Hatter’s Tea Cups. A nível de restauração a esta hora estão abertos o Café Hyperion, Plaza Gardens, Market House Deli

8H00 a melhor hora para tirar fotos com personagens. Logo à entrada, onde estão várias personagens, o ideal é a mãe ir para uma fila e o pai para outra. Assim, poupa-se tempo e mata-se dois coelhos de uma cajadada só! O papá foi para a fila da Minnie (que era a maior) e nós para a do Pateta e do Pluto, quando a nossa acabou, ainda fomos ver umas lojas e ainda esperamos na fila do papá!

Os locais para retirar Fast Passes só abrem às 10H00 e têm horários para abrir e fechar. Sendo que esgotados os fast passes para determinados horários, podermos ir tirar um fast pass de manhã que seja só para a tarde.

Se precisarmos comprar coisas para comer há uma loja à entrada do parque estação de comboio. Perto do nosso hotel Santa Fé, também há uma estação de serviços, que também dizem ser mais em conta do que comprar no parque. Nunca cheguei a ir a nenhum dos lados porque levei muitos snacks daqui, uma vez que tínhamos direito a bagagem de porão.

Levar garrafas de água vazias para encher. Há bebedouros pelos parques e a água é potável. Também no pequeno-almoço há máquinas de sumos em que dá para encher garrafas com sumo, para quem quiser.

Levem máscaras e adereços da Disney pois os miúdos andam a maior parte mascarados e os vossos também vão certamente querer. Lá vendem de tudo claro, mas a preços exorbitantes. Graúdos também sempre com algum adorno na cabeça da Disney (bandoletes, bonés, chapéus mais arrojados). Aqui não há limite, somos todos crianças.

A entrada nos parques é do tipo controlo de aeroporto. Há também muitas equipas de polícias com cães a patrulhar os acessos.

O parque tem uma aplicação para o telemóvel onde podem ver o mapa e os minutos de espera em cada atração. Assim não precisam de se deslocar até à entrada de cada atração para saber os tempos de espera e podem organizar-se melhor.

RESTAURANTES
La Cantina – no hotel, está aberto até às 22H30
Além dos pequenos-almoços, só comemos no hotel na primeira noite, pois como nos tínhamos levantado às 4 horas da manhã, não queríamos esticar muito o dia, para conseguirmos estar recuperados e em “full power” para o dia seguinte. A comida é bastante boa, havendo bastante variedade e destaque para a cozinha Mexicana, que muito apreciamos Smile




Plaza Gardens - Parque
Comemos aqui 2 ou 3 vezes. A comida é boa, tem bastante variedade, mas é sempre igual todos os dias. Os queijos são ótimos, as sobremesas são excelentes!






Agrabah Cafe – Parque
Tinha reservado este duas vezes, uma vez que no Tripadvisor é dos mais bem cotados, mas foi uma enorme desilusão. Acabamos por cancelar a segunda vez depois de termos garantido vaga no Des Stars. O Agrabah é muito bonito, tem um ambiente giríssimo, mas a comida é tipo Árabe, é um pouco diferente de tudo o que estamos habituados (e nós gostamos muito de vários tipos de gastronomia), mas não nos encheu de facto as medidas. Para os miúdos então, é muito difícil encontrar algo que seja do agrado deles. A minha disse logo que não queria voltar ali!







Des Stars - Waltdisney Studios
Comemos aqui 2 ou 3 vezes. A comida é boa, tem bastante variedade, mas sempre igual todos os dias. Havia sempre camarão, peixe, os queijos são ótimos e as sobremesas também excelentes!




La Grange à Billy Bob's - Disney Village
Comemos aqui uma vez pois tinha lido que era o mais fraco, mas reservei para variar e porque vi que tinha um ambiente diferente. Atenção que este fica fora dos parques, na Disney Village. Pelo que há que programar bem as horas de jantar se depois queremos ir assistir ao encerramento do parque porque ainda há que caminhar até lá e arranjar lugar decente. Havia bastante variedade e foi uma agradável surpresa.




Lojas:




























Loja da Lego na Disney Village:





Restaurante na Disney Village:






As roulottes de rua:



AS ATRAÇÕES

Twilight Zone Tower of Terror
É sempre a cair e a subir! Gritei que me desunhei! A minha filhota coitada, a muito custo, conseguimos convencê-la a ir, mas cheguei a achar que lhe ia dar um treco. Foi o tempo todo com os olhos fechados e comigo ainda a abraçá-la e quando acabou, já estavam as pessoas a começar a sair e eu já a tinha largado, mas pelos vistos mantinha os olhos fechados e gritava: “Mamã, agarra-me! Agarra-me!”.



Star tours: a aventura continua:
Sob o tema da Guerra das Estrelas, é um simulador espetacular de um voo no espaço! Alguma adrenalina e momentos inesperados. Andamos duas vezes e foram ambas diferentes.











Studio Tram
Trata-se de uma visita em que vamos numa espécie de comboio pelos estúdios de cinema para descobrir a magia por trás das câmaras. Vamos vendo determinados cenários de vários filmes que têm placas indicativas e cada carruagem tem uma televisão onde nos vão explicando como são criados os terremotos, incêndios, inundações... Isto não só é explicado como também é vivenciado por nós.




















Crush's Coaster
É uma montanha russa em tanto andamos para trás, como para a frente, como para os lados. Vamos dentro de uma carapaça de uma tartaruga que leva 4 pessoas e vamos como que a nadar nas alucinantes correntes da Austrália. Algumas pessoas tinha-me dito que não tinham gostado nada desta atração e tinham ficado super mal dispostas. Eu e a filhota gostamos, mas o meu marido ficou realmente mal disposto. Gostei imenso e também gritamos bem!












Ratatouille: The Adventure
Este é daqueles que queremos sempre andar mais uma vez. É um simulador 4D. Vamos dentro de um rato e junto com Remi, tentamos fugir na cozinha, por baixo de fogões em chamas, frigoríficos, utensílios e cozinheiros furiosos… Muito bom mesmo!!!







Armageddon: les Effets Speciaux
É muito giro, mas torna-se assustador para as crianças porque tem alguns “sustos” quando não estamos mesmo à espera.






It's a Small World
Não me cansava de andar nisto. É a atração que mais me marcou. É muito lindo, mesmo! Os cenários, os pormenores, aquela música que não sai da cabeça…

































O Curioso Labirinto da Alice
É um labirinto no jardim do castelo da Rainha de Copas, muito bem construído e muito giro especialmente para tirar fotografias. Os cenários são giríssimos.







As chávenas do Chapeleiro Louco
São chávenas como tantas outras que podemos sempre encontrar na maior parte dos parques de diversões.



Dumbo
Ideal para os mais pequenos, vamos dentro do Dumbo pelos céus da Disney!



Tapetes
Ideal para os mais pequenos, vamos num tapete do Aladino pelos céus da Disney!





Peter Pan
Esta viagem é feita num barquinho voador (que desliza preso ao um carril no teto) pelos céus de Londres até à Terra do Nunca. É muito fofinho.
[/url]






Pinóquio
Percorremos a história do Pinóquio, desde ser uma simples marioneta até ser um menino de verdade!





Buzz Lightyear Laser Blast
É uma espécie de jogo em que lutamos pela pontuação mais alta e temos de ter uma boa mira de tiro. Esta atração foi das preferidas da minha filha. Foi na que mais andamos.






Autopia
Vamos a conduzir o nosso próprio carro numa pista. É super divertido.






The Pirates of Caribbean
Aqui somos transportados de barco, à terra dos piratas pelos canais de água, ao som de música, tiros e grande algazarra.














Phantom Manor
É a casa assombrada. Sinceramente, não achei nada assustador. Achei tudo muito “fake”, os bonecos muito mal conseguidos, muito artificiais. Nem nada nos tocava. Acho que o nosso comboio fantasma metia mais medo








Big Thunder Mountain
Não tem loopings e tem velocidades médias. Andamos duas vezes, aproveitando sempre a facilidade do Fast Pass. A primeira vez não consegui desfrutar em pleno pois tive a sensação que ia bater com a cabeça nas rochas cada vez que entravamos nos túneis, mas à segunda já pude desfrutar em pleno



O País do conto de fadas
É giríssimo para todas as idades. Vamos nuns barquinhos e vamos percorrendo um cenário repleto de histórias em miniaturas.












Branca de Neve e os 7 anões
Percorremos a história da Branca de Neve a partir de cenários e maquetes.





Cars Quatre Roues Rallye
Com os carrinhos dos filmes Cars, é uma pista de carros em que cada um vai conduzir o seu, numa pequena pista, sem grandes choques.




Casey Jr. - le Petit Train du Cirque
É uma pequena montanha russa, com várias carruagens, simulando um comboio de circo, mas muito light, ideal para as crianças.




La Galerie de la Belle au Bois Dormant
O castelo principal não é o da Cinderela, mas sim o da Bela Adormecida
Por baixo do castelo encontra-se La Tanière du Dragon






O Carrossel de Lancelot
É o carrossel francês clássico.



Le Passage Enchanté d'Aladdin
Não é nada de especial, percorre-se a pé e é tipo museu, com várias alusões à história do Aladino.






Les Mystères du Nautilus
Percorremos a pé o submarino Nautilus. Não achei especialmente interessante.







Orbitron
É um carrossel giratório com foguetes espaciais. Visualmente é muito giro, Mas não é nada de especial.




Slinky Dog Zigzag Spin
Uma montanha russa light, ideal para as crianças, vamos num cão salsicha.




Não andámos Star Wars Hyperspace Mountain, Thunder Mesa Riverboat Landing, Rock 'n' Roller Coaster starring Aerosmith, RC Racer, Indiana Jones and the Temple…


















ENCONTROS COM PERSONAGENS e ESPETÁCULOS
- Vaiana
Muita espera e penso que neste momento já não se encontra no parque para encontro. Mas é a preferida da minha filha e não podíamos perder a oportunidade.
- Mickey
É num recinto fechado, tem alguma fila, mas é importante ir verificando os tempos de espera, porque por vezes não é muito. Na fila estamos numa espécie de teatro (mas em pé) onde vamos vendo desenhos animados.








- Minnie
Imensa espera, mas é muito simpática!




- Pluto e Pateta
São muito bem dispostos.















- Pavilhão das Princesas
3 horas de espera por algo que pensámos que seria melhor  Pensei realmente que haveria várias princesas, que as miúdas se vestissem, fossem maquilhadas, dançassem, algo assim… Mas não, é uma espera interminável dentro do pavilhão, que está muito bem ornamentado, vamos vendo várias vitrinas alusivas a vários filmes, para depois tirarmos fotos com uma princesa que normalmente está anunciada à porta mas que no dia em que fomos, nem referia qual era. Calhou-nos a Aurora. Deu umas voltas com a nossa filha, tiramos umas quantas fotos com a nossa máquina e a oficial e assim que saí daquela parte, ponho-me às voltas no pavilhão, à procura “do resto”. Não, não havia mais nada, apenas fui dar a outro sítio por trás, onde havia mais uma “Aurora”!!!













- Espetáculo Mickey et le Magician
É lindo! Adorei, com muitas personagens da Disney e as músicas que fazem parte do nosso imaginário.







- Disney Junior Live
É um bocadinho do que os mais pequenos veem na televisão transportado para o palco. É bastante divertido e interativo.














- Moteurs… Action! Stunt Show
É espetacular ver o trabalho dos duplos, como são feitas as cenas de ação nos filmes. Os mais pequenos não acharão assim tanto interesse, até porque as explicações não são sequer em português, mas aconselho às crianças graúdas!







- Stitch Live!
Têm sessões em inglês e em francês. À entrada do recinto constam os horários e os idiomas. É muito giro, vale imenso a pena. Ele interage com os meninos que estão sentados no chão. A minha às tantas acabou por querer vir para ao pé de nós porque estava com receio que falasse com ela e não ia perceber o que ele dizia… Para quem não perceber ainda nenhuma das línguas, o ideal é mesmo ficar ao pé dos pais para lhes irmos explicando o que vai acontecendo.

- Espetáculo Mickey e os Amigos e a Valsa das Princesas
No mesmo local, junto ao castelo, mas em horários diferentes. Ambos muito bons. O do Mickey com todos os seus amigos e o das Princesas, com todas as princesas e respetivos príncipes.





















- A Parada
Ao fim da tarde passa a parada, com os carros alegóricos. É um momento mágico, arrepiante mesmo. O meu marido, que tanto adiou esta viagem, ficou rendido, boquiaberto. É mesmo uma maravilha. E agora esta dos 25 anos dizem ser a melhor (até à data).
















- Disney Illuminations
E é a magia total! É lindo mesmo, de morrer… Arrepiante! As animações, as luzes, os jogos de água, as projeções de fogo, os fogos de artifício… E para quem tem uma filha que dizia à boca cheia que o sonho dela era ir à Disney e começamos a ver este espetáculo ao som de:
“A dream is a wish your heart makes
When you're fast asleep
In dreams you will lose your heartaches
Whatever you wish for, you keep

Have faith in your dreams and someday
Your rainbow will come smiling through
No matter how your heart is grieving
If you keep on believing
The dream that you wish will come true”
E quando ela nos pergunta o que quer dizer a música e depois de explicarmos ela diz: “E é verdade, mamã. O meu sonho realizou-se", o que nos resta? Chorar! Chorar de alegria, de emoção porque este sítio é mágico, porque a magia acontece, porque estamos de facto num mundo à parte e porque sentimos que concretizámos o sonho da nossa filha  Laughing






_________________
Além de Portugal:
1994: Inglaterra: Londres: Royal National Hotel
1995: Açores: São Miguel, Ponta Delgada e todo o Nordeste
2002: República Dominicana: Punta Cana: Iberostar Dominicana
2005: Cuba: Varadero - Tryp Peninsula Varadero
2006: México: Riviera Maia, Playa Paraiso - Iberostar Paraiso Lindo
2007: Tunísia: Hammamet - Iberostar Phenicia e Oasis Kebili ; Islantilla e Sevilha
2008: República Dominicana: Bayahibe - Iberostar Hacienda Dominicus
2010: Jamaica, Ocho Rios - RIU Ocho Rios
2011: México, Playa Maroma - Catalonia Playa Maroma Privileged; Islantilla
2012: República Dominicana, Punta Cana - Catalonia Bavaro Beach
2014: República Dominicana, PC - Grand Bahia Principe Turquesa
2015: República Dominicana, PC - Iberostar Dominicana
2016: República Dominicana, PC - Iberostar Dominicana
2017: Cuba, Cayo Guillermo - Iberostar Playa Pilar; Disneyland Paris - Santa Fe
2018: Maldivas, Nalaguraidhoo - Sun Island Resort & Spa; Cuba, Varadero - Iberostar Taínos
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Report] Disneyland Paris - setembro de 2017 -
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Guru das Viagens :: Experiências-